Páginas

sexta-feira, 24 de outubro de 2014

Suspeito de assaltar mulheres é preso em Ponta Negra

Diego Sérgio foi reconhecido e confessou que já foi preso pela mesma acusação.Por Sérgio Costa

Foto: Sérgio Costa / Portal BO
 Policiais militares da Companhia de Turismo prenderam, na noite desta quinta-feira (24), um homem suspeito de assaltar duas mulheres, no conjunto Alagamar, no bairro de Ponta Negra, zona Sul da capital. Diego Sérgio Silva de Lima, de 28 anos, foi seguido por uma testemunha do assalto e em seguida denunciado à polícia.
De acordo com o soldado Guedes, o suspeito agiu em uma bicicleta e supostamente com uma arma branca. As vítimas caminhavam em direção a uma academia quando foram abordadas. “Nós recebemos a informação via Ciosp e fomos até a Vila de Ponta Negra e encontramos uma testemunha que relatou ter visto a ação do assaltante e o seguiu. Já preso, o suspeito foi reconhecido pelas vítimas”, informou.
Diego, que é mais conhecido como “Raposa”, defendeu-se dizendo que estava sendo vítima de ma injustiça e que as mulheres estão enganadas. O jovem disse ainda que há dois anos foi preso pela mesma acusação, mas durante o processo a pessoa que o denunciou não compareceu a audiência.

Dupla é presa após arrastão em farmácia na Cidade da Esperança

Funcionários e clientes relataram que foram agredidos pelos suspeitos.

Imprimir  Enviar  Texto: 
Fotos: Sérgio Costa / Portal BO


Uma dupla foi presa, na manhã desta sexta-feira (24), após cometer um arrastão, em uma farmácia na avenida Rio Grande do Sul, no bairro Cidade da Esperança, zona Oeste de Natal. De acordo com a polícia, os suspeitos agiram bem cedo da manhã, rendendo os funcionários e clientes chegando inclusive a agredir e ameaçar de morte as vítimas.
O fato aconteceu por volta das 7h, minutos após o início do funcionamento do estabelecimento. Segundo o cabo Roberto, do 9º Batalhão, os criminosos chegaram bastante nervosos e usando de muita violência. “Eles agiram armados, bateram nos funcionários exigindo dinheiro e prometeram voltar para matar todos, caso fossem denunciados à polícia”, disse.
Depois de recolher o dinheiro do caixa e os pertences das pessoas, um dos suspeitos pediu a chave da moto do entregador da farmácia e fugiu com ela. Os criminosos não foram tão longe e ainda no mesmo bairro acabaram cercados por policiais militares da viatura 931, do 9º Batalhão, que já tinham sido avisados do fato.
Os assaltantes foram identificados como Wangre Nunes da Silva, de 22 anos, e Williame Nascimento da Silva, que completou 18 anos nesta sexta. Wangre responde por assalto e cumpria regime semiaberto e Williame é conhecido pela polícia pela prática de delitos em toda a zona Oeste. Ambos foram autuados por roubo na 8ª delegacia de polícia.
Cerca de 3200 soldados da Polícia Militar do Rio Grande do Norte irão participar do curso de nivelamento que dura em torno de 45 dias letivos, ofertando os conhecimentos necessários para que um soldado possa exercer a função de cabo, quando tiver ascensão de carreira através da "Lei de Promoção de Praças".

De acordo com o Comandante do Centro de Formação e Aperfeiçoamento da Polícia Militar (Cefapm), tenente-coronel Espínola, "a corporação tem um prazo de três anos para ofertar o curso extensivo a todos os soldados, mas adiantou o andamento após aprovação da 'Lei de Promoção dos Praças', com uma turma que teve início no dia 13 de outubro deste ano", explica.

O presidente da Associação de Cabos e Soldados da Polícia Militar do Rio Grande do Norte (AcsPm/RN), acredita que este é um importante passo para melhorias na carreira dos soldados da PM. "A habilidade dos soldados será trabalhada para que eles estejam aptos para progressão de nível", ressalta.
Por volta das 20h30 da madrugada de ontem (23) policiais militares do destacamento, frustraram uma quadrilha que pretendiam roubar o caixa eletrônico da cidade. Após a PM ser acionada através da central de monitoramentos de câmaras espalhas na cidade, e na comunidade de salina da cruz. Os veículos de modelo Duster de cor preta e uma Ranger também preta, chegaram a entrar na cidade, e de logo foram identificadas pelo os policiais de plantão.
Os bandidos perceberam que tinha mais policiais do que gente na rua, e saíram em disparada na avenida principal da cidade, as três viaturas da policia militar com homens fortemente armados saíram em perseguição pela a RN 401.
Segundo informações colhidas pelo o blog, os assaltantes chegaram a jogar grampos na pista para impedir de serem alcançado pelas as viaturas da polícia, uma VTR teve os 4 pneus furados pelos os grampos já próximo a comunidade de Baixa do Meio.
O subtenente Luiz Carlos de Souza, responsável pelo o destacamento da cidade, acionou as delegacias da região e o CIOSP. Foram feitos levantamentos e realizadas diligências para a localização e captura da quadrilha, mas os bandidos conseguiram êxito na fuga.
As imagens foram analisadas pela polícia, uma equipe de investigação caiu em campo. Os veículos já foram identificados pela as placas. As diligências continuaram hoje pela manhã.
Guamaré em Dia

Jovem envolvido com tráfico é assassinado em Macaíba

Homicídio aconteceu na manhã desta quinta-feira e vítima deve ter sido atraída pro "cheiro do queijo".

Por Redação
Imprimir  Enviar  Texto: 
Foto: Macaíba Connecttv
 A polícia registrou um homicídio na cidade de Macaíba, no final da manhã desta quinta-feira (23). Um jovem de 22 anos, velho conhecido da polícia, foi morto com seis tiros, por volta das 12h. De acordo com a PM, a motivação pode ter sido acerto de contas pelo tráfico de drogas.
O subtenente Pereira, oficial do 11º Batalhão da Polícia Militar, informou ao Portal BO que o jovem morto foi identificado como José Rodolfo Bezerra.
“Ele era bastante conhecido da polícia de Macaíba, tendo sido detido várias vezes. Há 15 dias, por exemplo, ele foi preso com drogas, mas acabou não sendo flagranteado e voltou para as ruas”, disse o oficial da PM.
Ainda de acordo com ele, o jovem provavelmente foi atraído para o "cheiro do queijo", expressão usada pela polícia quando a vítima é atraída para o local da morte. “Eles estariam fazendo uma festinha, bebendo, quando de repente mataram o Rodolfo”, relatou.

Ex-presidiário é executado em Felipe Camarão

“Urêia”, como era conhecida a vítima, sofreu tiros na cabeça.

Por Sérgio Costa
Imprimir  Enviar  Texto: 
Foto: Cedida
 Um homem identificado como José Eudes, de 26 anos, foi executado na manhã desta quinta-feira (23), na rua Manoel Machado, no bairro Felipe Camarão, zona Oeste de Natal. Segundo a polícia, a vítima foi surpreendida por um motoqueiro que efetuou dois disparos atingindo a cabeça de José.
O crime aconteceu por volta das 11h e foi testemunhado por diversas pessoas que estavam caminhando na rua, a maioria estava em uma unidade de saúde do bairro. De acordo com o soldado Ezequiel Silva, do 9º Batalhão, o suspeito agiu rapidamente e sozinho em uma moto de cor preta.
“Foi uma ação muito rápida ao ponto de ninguém anotar a placa do veículo. O atirador usava um macacão azul e capacete azul”, relatou. Uma equipe do SAMU ainda esteve no local e tentou socorrer a vítima, mas ela não resistiu.
José Eudes era mais conhecido como “Urêia” e tinha saído há pouco tempo da cadeia, onde cumpriu pena por roubo. A polícia realizou diligências em todo o bairro, mas ninguém nenhum suspeito foi localizado ou preso.

Mulher de 54 anos é presa suspeita de tráfico de drogas na zona Norte

Polícia chegou até a suspeita porque ela estava com um celular roubado.

Por Redação
Imprimir  Enviar  Texto: 
Fotos: Sérgio Costa / Portal BO
 Uma mulher de 54 anos, identificada como Maria de Fátima da Silva, foi presa na noite desta quinta-feira (23), no estacionamento de um shopping, na zona Norte de Natal. Ela é suspeita de tráfico de drogas e, no momento da abordagem, estava com um celular roubado e mais 50 pedras de crack dentro da bolsa.
Questionada sobre a droga, Marida de Fátima confessou que já foi presa por tráfico de drogas e que, realmente, estava vendo entorpecente. Ela chegou a dizer a polícia que deverá voltar a traficar, depois que ganhar a liberdade novamente.
A polícia chegou até a mulher, porque ela carregava um aparelho celular roubado. Um amigo da vítima do roubo desse celular mandou uma mensagem via whatssapp informando que queria fazer um pagamento a ela. Então, alguém se passando pela vítima combinou o local e, foi exatamente onde Maria de Fátima estava com o aparelho.

PM tem mais de 3 mil policiais na segurança do segundo turno das Eleições 2014

Para o segundo turno, a Polícia Militar teve um aumento de 11% no efetivo deslocado para o interior do Estado.

Por Redação
Imprimir  Enviar  Texto: 
Foto: Divulgação / PM
Na manhã desta sexta-feira (24), 870 policiais militares foram deslocados para o interior do Estado no intuito de reforçar o policiamento no segundo turno das eleições 2014, que ocorre no próximo domingo (26).
"Serão 3,2 mil policiais distribuídos nos 1,6 mil locais de votação em todos os 167 municípios do Estado", disse o Comandante Geral da Polícia Militar do RN, coronel Francisco Canindé de Araújo Silva.
Para o segundo turno, a Polícia Militar teve um aumento de 11% no efetivo deslocado para o interior do Estado, de modo a inibir os crimes eleitorais nas zonas eleitorais de todo o Estado.
Além do efetivo que ficará na segurança do pleito em cada seção eleitoral, a Polícia Militar do RN estará garantindo a segurança ostensiva em todo o Estado com o emprego do policiamento em todas as suas modalidades.
"Nosso efetivo estará de prontidão e atuando durante todo o pleito eleitoral, quer seja nas seções eleitorais ou no policiamento ostensivo e atendimento à população norte-riograndense", declarou o Comandante.
A Polícia Militar ainda atuará no pleito eleitoral na escolta das urnas aos locais de votação através do efetivo da ROCAM e do Esquadrão Águia, no intuito de garantir a lisura do pleito.
"Agradeço a todos que estão abdicando de seus lares e estão fazendo parte da festa da democracia, garantindo a todos os cidadãos o exercício do direito de votação", finalizou o Comandante Geral.

Justiça do RN determina convocação de 824 aprovados em concurso da PM

A decisão é do juiz Cícero de Macedo Filho, da 4ª Vara da Fazenda Pública.
Concurso foi realizado em 2005 e a convocação estava paralisada.

Do G1 RN
Os aprovados terão direito de fazer a 3ª fase do concurso da PM do RN (Foto: Felipe Gibson/G1)Os aprovados terão direito de fazer a 3ª fase do
concurso da PM do RN (Foto: Felipe Gibson/G1)
A Justiça do Rio Grande do Norte determinou nesta quinta-feira (23) a convocação de 824 aprovados no concurso da Polícia Militar realizado em 2005. A decisão do juiz Cícero Martins de Macedo Filho, da 4ª Vara da Fazenda Pública, dá direito aos candidatos a participar do curso de formação de soldado, correspondente à terceira fase do concurso. A sentença é proveniente de uma ação da Associação dos Praças da Polícia Militar (Aspra).

Na sentença, o juiz enfatiza que "a segurança pública, dever do Estado e responsabilidade de todos, precisa ser melhorada no Estado do Rio Grande do Norte, e o ingresso dos 824 candidatos que estão aptos a participar das demais fases do concurso sem dúvida será um grande reforço".

Os aprovados no concurso chegaram a formar um movimento chamado '824 Convocados PM/RN' para cobrar a continuidade do concurso. "A primeira fase aconteceu em 2005 e só em 2010 foi dada sequência com a segunda fase. Após a mudança de governo, o concurso foi paralisado sem explicação", afirma Iramar Félix, um dos integrantes do movimento.

"Não se pode fazer um concurso sem recurso. O caminho teve que ser a Justiça", acrescenta Aldair da Silva, também do movimento '824 Convocados PM/RN'.

Mulher de 30 anos é morta quando voltava para casa em Mossoró, RN

Segundo a PM, vítima foi identificada como Josy Mayara da Silva.
Homem não identificado teria atirado cinco vezes contra ela.

Do G1 RN
Uma mulher de 30 anos foi morta a tiros quado voltava para casa na noite desta quinta-feira (23) no município de Mossoró, na região Oeste do Rio Grande do Norte. Segundo a Polícia Militar, a vítima foi identificada como Josy Mayara da Silva, que foi atingida por cinco disparos por um homem não identificado. Ninguém foi preso.
Ainda segundo o sargento, o cunhado da vítima informou que Josy era usuária de drogas. "Esse cunhado dela esteve no local para reconhecer o corpo e nos passou que ela usava drogas e bebia praticamente todos os dias. Contudo, ainda é cedo para falar se isso pode ter motivado o crime", contou Roberto.De acordo com o sargento Roberto da Silva, do 2º Batalhão da PM, o crime aconteceu na Rua Onzieme Rosado, no bairro Abolição IV. "A informação que temos é que ela caminhava pelo local de volta para casa, quando um homem se aproximou e efetuou os disparos contra a vítima", explicou o policial.
O criminoso conseguiu fugir do local. "Ninguém viu quem foi. Se sabe apenas que era um homem, mas nenhum morador falou se ele estava com mais alguém quando cometeu o crime", disse o sargento.
O corpo de Josy foi encaminhado para a sede do Instituto Técnico-Científico de Polícia (Itep-RN) de Mossoró.